Boas Novas

Com certeza cada família gosta de receber boas novas e também ser fonte de boas novas no seio da sociedade na qual se encontra inserida. Para que isso se torne possível os integrantes da família precisam falar todos a mesma língua, há a necessidade da unidade na diversidade. Ocorrendo isso a probabilidade da família se tornar fonte de boas novas é muito maior. Agora, espere um pouco, estamos falando de BOAS NOVAS. Quando não houver unidade na diversidade, bom senso, quando os membros da família não falarem a mesma língua, quando o propósito não é o bem comum e a glória de Deus, o contrário também acontecerá; a família pode tornar-se fonte de más notícias.

Em Genesis 11 lemos que o povo era um e que falavam a mesma língua. Eles tinham uma meta em comum: fazer uma torre que tocasse que alcançasse os céus. Diante da ambição deles Deus desce do seu trono e confunde a sua língua afim de que não consigam dar continuidade aos seus projetos. O que motivou Deus a impedir que o povo alcançasse seu objetivo? A resposta é simples: a motivação que tinham ao alcançar este objetivo.

O verso 5 diz: “Então desceu o Senhor, para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam;” a expressão “filhos dos homens” quer dizer que eles não eram filhos de Deus, quer dizer que a vontade deste povo não estava de acordo com a vontade de Deus, quer dizer que eles estavam entregues as suas paixões e buscavam somente realizar aquilo que lhes traria orgulho próprio.

Ao descer para ver o que faziam Deus não viu algo que era para glorificá-lo e por consequência algo que com certeza não estava o colocando como primazia. O resultado disso é o que temos hoje, uma diversidade enorme de línguas e dialetos, o que ocasionou e ocasiona uma barreira na comunicação.

Como vemos acima em Genesis 11:6 o próprio Deus afirma que quando se fala a mesma língua não há restrições para tudo o que podemos fazer. É primordial que exista uma boa comunicação dentro do ambiente familiar se quisermos conquistar alguma coisa. De nada adianta termos grandes planos, grandes projetos se não tivermos uma boa comunicação, um bom diálogo em nossa casa.

Quando todos os integrantes da família conseguem se entender, quando o coração dos pais está voltado para o coração dos filhos, quando a tecnologia não tem lugar mais importante na vida familiar do que o relacionamento, todas as conquistas que forem propostas poderão ser alcançadas.

Vivemos novamente uma época de BOAS NOVAS, onde recordamos no tempo de advento e Natal a vinda de Cristo para resgatar a humanidade. Sim, sua chegada a esse mundo foi como uma grande luz no meio das trevas conforme Isaías 9.2: “O povo que andava em trevas viu uma grande luz. E aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu lhes a luz”. Que boa nova para a época! O mundo jaz novamente em trevas de incredulidade e imoralidade e todos os fiéis de Cristo já vislumbram a grande luz, alegram-se e encontram forças na certeza da sua segunda vinda para buscar sua Igreja, Sua noiva!

Se na sua família não há nenhuma boa nova talvez lhe falte a luz de Cristo em cada coração; de repente ainda há muitas trevas em seu lar. Deixem a luz do céu entrar, acolhem as boas novas do amor de Deus e assim sua família se tornará fonte de boas novas para os outros! É o que desejamos de todo coração!

Pastor Ivo Lídio Köhn

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *