A importância do ensino na família

A primeira e principal escola, local de ensino e aprendizagem, de cada ser humano é seu lar, sua família. Os pais são os nossos primeiros e grandes mestres, que nos ensinaram a pronunciar as primeiras palavras e dar os primeiros passos. Seguimos os seus rastos, seu exemplo de vida. Eles foram nossos modelos. Nenhuma fruta cai longe do seu pé. Por isso Salomão diz em Provérbios 6.20: Filho meu, guarda o mandamento de teu pai e não deixes a instrução de sua mãe”.

 Nesse mês dedicado aos pais quero lembrá-los que sejam excelentes professores aos seus filhos. Vocês ensinam desde o acordar ao adormecer vossos filhos através da forma como lidam com a mãe deles, com eles, com os vizinhos, com amigos e visitantes, com os animais, através da sua forma de encarar o trabalho e a vida. Os pequenos orientam-se pelos grandes e aprendem olhando e ouvindo a eles. Sua forma de lidar com seu filho, estimado pai, lhe servirá de referencial para o Pai maior que é Deus. No culto de Ação de Graças do mês de Junho usamos a seguinte ilustração: “Um menino sempre chegava atrasado da escola. Seus pais o alertaram que, naquele dia, ele teria que voltar na hora. Mas, ele chegou mais tarde ainda. Quando chegou em casa sua mãe não falou nada. O pai o viu na sala, mas não disse nada. No jantar aquela noite, o menino olhou para o seu prato. Havia um pedaço de pão e um copo de água. Ele olhou para o prato do pai e viu que estava cheio. O pai ficou calado. O menino sentiu-se esmagado. O pai esperou um momento, e com amor tomou o prato do menino e colocou em seu lugar. Pegou seu prato e colocou no lugar do filho e sorriu para ele. O menino quando adulto disse: “Toda minha vida soube como Deus é pelo gesto do meu pai naquele dia.”

 Pais, vocês também ensinam pelo tipo de conversa que têm na hora das refeições; pela frequência aos cultos de vossa Igreja; pelo culto doméstico; através de vossa honestidade e pontualidade. Por isso é tão importante que os pais  sejam o porto seguro dos filhos na sua família, no seu lar que os possa levar a segurança da rocha eterna que é Jesus.

As grandes dificuldades do ensino secular de nossos dias resultam do fato que os mestres de casa falharam em sua missão de serem referenciais. Os professores podem identificar claramente quem tem educadores em casa e quem não os tem. Não é sem fundamento que o quinto mandamento diz: “Honra teu pai e tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor, teu Deus, te dá”. (Gênesis 20.12)

Os mestres do lar precisam ensinar seus filhos que existem limites; ensinar que antes de usufruir direitos há deveres a serem cumpridos; ensinar que sempre se colhe o que é semeado; ensinar que sua liberdade termina onde começa a dos outros. Os pais precisam fazer entender aos seus filhos que “O Senhor repreende a quem ama, assim como o pai, ao filho a quem quer bem”. (Provérbios 3.12) O grande líder da libertação do Egito, Moisés, foi muito bem instruído pelos seus pais no pouco espaço de tempo que pode ficar com eles.

Caros pais! Façam do vosso lar, da vossa família o melhor e mais importante local de aprendizagem dos vossos filhos para lançarem os alicerces da vida. Que Deus vos abençoe e auxilie!

Pastor Ivo Lídio Köhn. 

Leave A Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *